Eletroencefalograma - EEG

O eletroencefalograma (EEG) é um exame médico que registra a atividade elétrica do cérebro através da colocação de eletrodos no couro cabeludo do paciente. O procedimento é realizado para ajudar no diagnóstico e avaliação de várias condições neurológicas, como epilepsia, distúrbios do sono, encefalopatias, entre outros.

Aqui está uma descrição geral de como o exame de EEG é realizado:

  1. Preparação: Antes do exame, é necessário que o paciente esteja descansado, relaxado e confortável. Em alguns casos, pode ser solicitado que o paciente evite certos medicamentos ou alimentos que possam interferir nos resultados.

  2. Posicionamento dos eletrodos: O paciente é deitado em uma maca ou cadeira reclinável. O técnico de EEG mede a cabeça do paciente para determinar onde os eletrodos devem ser colocados. Normalmente, são utilizados cerca de 20 a 25 eletrodos, dispostos em locais específicos do couro cabeludo, seguindo um sistema de mapeamento padrão chamado Sistema Internacional 10-20.

  3. Limpeza e aplicação do gel condutor: Antes de colocar os eletrodos, o couro cabeludo é limpo para garantir uma boa conexão elétrica. Em seguida, o técnico aplica um gel condutor nos locais onde os eletrodos serão colocados. Esse gel ajuda a melhorar a condução dos sinais elétricos do cérebro para os eletrodos.

  4. Registro da atividade cerebral: Uma vez que os eletrodos estão devidamente posicionados e conectados ao equipamento de registro, o paciente é instruído a permanecer o mais quieto possível durante o exame. É comum que o paciente feche os olhos ou se concentre em algum ponto específico para minimizar as interferências na leitura do EEG.

  5. Duração do exame: A duração típica do exame de EEG é de 20 a 60 minutos, dependendo do objetivo do exame e da situação clínica do paciente. Em alguns casos, o exame pode ser estendido por um período de sono, especialmente quando se suspeita de distúrbios do sono.

  6. Análise dos resultados: Uma vez concluído o exame, os dados registrados são analisados por um neurologista ou técnico especializado em EEG. O EEG resultante é um traçado gráfico que mostra a atividade elétrica do cérebro em diferentes momentos e áreas.

É essencial ressaltar que o exame de EEG é indolor e não invasivo, ou seja, não requer a introdução de nenhum objeto dentro do corpo do paciente. Ele é uma ferramenta valiosa para auxiliar no diagnóstico de distúrbios neurológicos e para monitorar a atividade cerebral em várias condições médicas.

ENTRE EM CONTATO AGORA MESMO E AGENDE O SEU: (84) 99132-1779

Atendimento Natal-RN
(84) 99132-1779 Natal
Atendimento João Pessoa-PB
(83) 99825-0214 João Pessoa